Fotografo: Equipe KM News
...
Sem Legenda

Na noite desta sexta- feira (13), os vereadores de Nobres entraram no tradicional recesso de julho, mas antes se reuniram as 19 h 30 no Plenário das Deliberações para a realização de mais uma sessão do parlamento municipal, onde discutiram diversos assuntos de interesse da comunidade e como também votaram cinco indicações e  três requerimentos ao Poder Executivo Municipal.

Os vereadores também votaram e aprovaram  o Projeto de Lei Nº 011/2018, que tem em sua redação as diretrizes para elaboração  da Lei Orçamentária de 2019 , a qual só teve todo o seu teor definido após a realização de uma Audiência Pública, que foi realizada no último dia 09 de julho pela Comissão Tributária, Financeira e Orçamentária da Câmara Municipal. Esta comissão está sob a presidência do vereador Nilson Filho (PSD). 

Os vereadores devem retornar do recesso já na primeira semana de agosto e com um grupo de vereadores se articulando para as Eleições da Mesa Diretora que nos últimos anos vem ocorrendo sempre no mês de dezembro.

A primeira Sessão do segundo semestre será realizada no dia 15 de agosto , uma quarta feira e o processo eleitoral deste ano deverá dar o tom nos discursos dos vereadores quando forem à tribuna do Poder Legislativo para apresentar os seus trabalhos.

Alguns dos nobres parlamentares terão dificuldade de carregar o nome de alguns dos atuais deputados estaduais, uma vez que a grande maioria responde a processos por corrupção, sendo que um deles se encontra preso e outro já sentiu a sua liberdade ser tolhida. Já em outros casos, alguns dos nobres deputados terão dificuldade de associar os seus respectivos nomes com algum ou outro vereador nobrense, uma vez que este ou aquele parlamentar é adepto do faça o que digo, mas não faça o que eu faço e entre outras peculiaridades.

Agora é esperar o término do tradicional recesso de julho e quando os nobres vereadores retornarem aos trabalhos de rotina e já com o processo eleitoral começando em todo vapor, para ver se a Câmara Municipal irá passar  por essas eleições sem que entre em ebulição e que um fator ou outro atrapalhe as eleições internas do Poder Legislativo Municipal, pois segundo informações de fontes , a palavra do prefeito Leocir Hanel (PSDB) deverá ser um dos principais fatores na hora de cada vereador votar.

É aguardar e aguardar.