Fotografo: Divulgação Praia Clube
...
Minas fechou o duelo em 3 sets 1

 

 

 

 

 

A equipe Dentil/Praia Clube se empenhou do primeiro ao último ponto no Jogo 2 da decisão da Superliga CIMED Feminina 2018/2019, realizado na noite desta sexta-feira (26), na Arena Presidente Tancredo Neves (Sabiazinho), em Uberlândia (MG).  Em casa e empurrado pela fanática torcida, o Esquadrão Aurinegro tentou de todas as formas igualar a série melhor de três da decisão. O Itambé/Minas, por outro lado, veio ao Triângulo Mineiro disposto a ficar com o troféu de campeão após quase 20 anos de jejum.

O oponente da capital mineira fechou o duelo em 3 sets 1, parciais de 25/17, 23/25, 14/25 e 26/28. Mesmo com a perda do título, a torcida apoiou o grupo preto-amarelo com gritos de guerra e aplausos pela garra e dedicação dentro de quadra. A capitã Fabiana Claudino, muito emocionada, agradeceu o incentivo dos fãs. "A temporada inteira o Minas foi muito regular. Não podemos tirar o mérito deles em nenhum momento.  A gente começou um pouco irregular e, aos poucos, fomos nos acertando. Mesmo com alguns contratempos, conseguimos chegar a quatro finais e conquistamos uma taça inédita, que foi a Supercopa. Sabíamos que o nosso oponente seria um grande desafio pela regularidade já mencionada. Sinto-me orgulhosa por ser a capitã de um grupo resiliente e que não desiste! Agradecemos a todos, da Gestão à torcida, pelo apoio incondicional em todos os momentos desta árdua caminhada", comentou.

Líder nato, o comandante Paulo Coco rememorou alguns episódios da árdua temporada, na qual a equipe Dentil/Praia Clube disputou seis campeonatos e disse o orgulho que sente em estar à frente de genuínas guerreiras. "Terminamos com um gosto amargo pela derrota. Porém, saímos de cabeça erguida pelo comprometimento e garra de cada uma das jogadoras do elenco. Tivemos uma temporada muito desgastante, com muitas viagens, e sofremos com algumas lesões. Ao logo da jornada, chegamos em todas as finais das competições que disputamos, com exceção do Mundial. Trouxemos um título inédito da Supercopa. Enfim, nosso adversário fez uma temporada regular e é merecedor da conquista", argumentou.

Na cerimônia de encerramento, além do troféu de vice-campeão ao Dentil/Praia Clube, foram distribuídos os prêmios individuais. Destaque para as atletas praianas Ana Carolina Silva e Nicole Fawcett, que levaram o título de melhor Central e melhor Oposta, respectivamente.